HISTÓRIAS INCRÍVEIS E O CONSUMO DA INFORMAÇÃO

 

Nessa aula, vamos explorar como dar voz a diferentes atores da sociedade por meio do compartilhamento de informações e qual a importância do consumo crítico e responsável de informações. Se quiser, assista ao vídeo ao lado, no qual trazemos uma possibilidade de encaminhamento!

INFORMAÇÕES GERAIS

PÚBLICO-ALVO

Estudantes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e ensino médio.

DISCIPLINAS

A mais visível é Língua Portuguesa, mas o tema pode ser facilmente incorporado a outras disciplinas.

TECNOLOGIA

O uso de tecnologias é facultativo. Se os estudantes quiserem produzir vídeos e podcasts precisarão de um celular, computador e/ou câmera fotográfica.

COMPETÊNCIAS GERAIS

  • Conhecimento

  • Pensamento científico, crítico e criativo

  • Comunicação

  • Cultura digital

  • Autoconhecimento e autocuidado

  • Empatia e cooperação

CRIAÇÕES ESPERADAS

  • Capas de revistas

  • Primeira página de jornais

  • Protótipos (de papel) da primeira página de um website de notícias

  • Podcasts

PREPARAÇÃO

MATERIAIS
ESPAÇO
DICAS

IMPLEMENTAÇÃO

IMAGINE!

 

Primeiro, incentive os estudantes a lembrarem das últimas manchetes que viram estampadas nas capas de revistas e primeira páginas dos jornais. Então, convide-os a imaginarem que dormiram por um bom tempo e acordaram em 2030! Que grandes notícias e reportagens estariam estampadas nas capas de revistas e jornais?

Os estudantes podem criar uma capa de revista com notícias gostariam que fossem realidade no futuro ou algo que reflita o que pensam sobre o rumo que o mundo está tomando a partir do que estamos vivendo hoje. Podem ser notícias boas, ruins, ou apenas coisas divertidas.

Se os estudantes não souberem por onde começar, você pode mostrar algumas imagens que ajudem a inspirá-los a criarem seus projetos! Quer que o projeto dos seus estudantes entre nessa galeria? Incentive-os a compartilharem suas criações neste link!

CRIE!

Hora dos estudantes criarem seus projetos. Eles não precisam finalizá-lo durante a sua aula, podem dar continuidade em outros momentos. Incentive os estudantes a convidarem outras pessoas (colegas, familiares) a participarem desse momento, a compartilharem desse momento de criação, mesmo que virtualmente.

COMPARTILHE E REFLITA!

 

Depois de criarem suas capas (pode ser mais de uma), convide os estudantes a refletirem sobre o processo e compartilharem com seus familiares e amigos o que criaram. Algumas perguntas que podem orientar esse momento:

  • Que notícias você você colocou no seu projeto?

  • Por que escolheu essas notícias?

  • Será que no futuro essas notícias se tornarão realidade? Por que você acha isso?

  • O que faria diferente se tivessem mais tempo para desenvolver o projeto?

  • E se você tivesse que criar toda a revista, além da capa?

  • Como seriam as notícias completas? Que tipo de propagandas a revista do futuro teria?

  • Ela teria algum tipo de interação com seus leitores?

O jornalismo diz respeito também a compartilhar as histórias criadas com um público real. Convide os estudantes a compartilharem seus projetos com você, com as pessoas com quem ele mora e também com seus colegas. Se quiser, pode indicar esta página que criamos especialmente para isso!

INDO ALÉM!

 

Convide os estudantes a aprofundarem a compreensão a respeito do papel do jornalismo na sociedade, para posteriormente poderem fazer pontes com o que estão aprendendo em outras áreas e também aprimorarem o projeto desenvolvido nesta aula. O jornalismo diz respeito a comunicar informações relevantes para públicos específicos, ajudando as pessoas a conhecerem o que acontece local e globalmente, ampliarem seus horizontes culturais e também a tomarem decisões informadas e formarem a sua opinião.

 

Os exemplos a seguir de projetos jornalísticos e de educomunicação contemplando diferentes áreas e públicos podem inspirar novas discussões, debates ou projetos:

  • Jornal Joca: destinado a jovens e crianças;

  • Desenrola E Não Me Enrola: um projeto que atua na veiculação de informação sobre os fatos socioculturais que acontecem na periferia de São Paulo;

  • Você Repórter da Periferia: um projeto de educomunicação para jovens da periferia que visa contribuir na formação de  cidadãos mais conscientes e integrados com a realidade sociopolítica do país;

  • Agência Mural: uma agência de notícias, de informação e de inteligência sobre as periferias das cidades da Grande São Paulo.

  • Calle2: uma revista digital que se propõe a ter um novo olhar sobre a América Latina, mostrando pessoas, lugares, cores e sabores incríveis que fazem do continente latino-americano um dos mais diversos e fascinantes do mundo.

Esses projetos têm a intenção de atingir segmentos específicos da população, proporcionar o desenvolvimento de novos olhares para lugares, contextos e pessoas e também dar voz a diferentes comunidades. Iniciativas como essas podem inspirar os estudantes a pensarem que também podem encontrar meios de expressar sua voz de forma responsável e criativa, comunicar histórias incríveis, tornar visíveis algumas situações e engajar outras pessoas em assuntos pessoalmente relevantes.

 

Outro ponto importante no jornalismo é saber consumir a informação de forma crítica e consciente! Para isso, recomendamos explorar os seguintes projetos com os estudantes:

 

E se os seus estudantes criassem uma mini agência de checagem de informações, inspirados pelos projetos explorados e usarem isso nos seus contextos?

PONTES COM O CURRÍCULO​

pós uma reflexão sobre os diferentes projetos de jornalismo explorados, incentive os estudantes a usarem o que aprenderam para aprimorar o projeto que começaram nesta aula e em outros componentes curriculares e conteúdos que estão estudando.

 

  • E se os estudantes contassem o outro lado da história de acontecimentos vivenciados diariamente ou então de situações abordadas nos conteúdos que estão aprendendo?

  • Como você, educador, enxerga as possíveis pontes que estes tipos de atividades abordando a produção de informações de forma responsável e o consumo crítico podem ter com a sua área do conhecimento?

  • Em sua área do conhecimento, reflita sobre como é possível engajar os estudantes a compartilharem informações de forma criativa com diferentes públicos e também a pensarem em formas de consumir as informações de modo consciente e crítico. Existem, por exemplo, várias ferramentas na internet que possibilitam essa diversidade de narrativas digitais, como o Sutori, a criação de podcasts e criação de mapas que contam histórias.

  • Convide os estudantes a explorarem o portal aprendizagemcriativamecasa.org para criarem outros diferentes projetos ao longo da semana.

info@aprendizagemcriativa.org

© 2020 por Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, Grupo Lifelong Kindergarten e MIT Media Lab

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube