OS PERSONAGENS DE UMA REPORTAGEM

 

Nessa aula, vamos explorar o lado humano das histórias jornalísticas, os personagens! Se quiser, assista ao vídeo ao lado, no qual trazemos uma possibilidade de encaminhamento!

INFORMAÇÕES GERAIS

INFORMAÇÕES GERAIS

PÚBLICO-ALVO

Estudantes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e ensino médio.

DISCIPLINAS

A mais visível é Língua Portuguesa, mas o tema pode ser facilmente incorporado a outras disciplinas.

TECNOLOGIA

O uso de tecnologias é facultativo. Se os estudantes quiserem produzir vídeos e podcasts precisarão de um celular, computador e/ou câmera fotográfica.

COMPETÊNCIAS GERAIS

  • Conhecimento

  • Pensamento científico, crítico e criativo

  • Comunicação

  • Cultura digital

  • Autoconhecimento e autocuidado

  • Empatia e cooperação

CRIAÇÕES ESPERADAS

  • Zines

  • Pôsteres ou painéis

  • Vídeos

  • Jornais impress

  • Histórias em quadrinhos

  • Podcasts

PREPARAÇÃO

MATERIAIS
ESPAÇO
DICAS

IMPLEMENTAÇÃO

IMAGINE!

 

Os personagens são uma importante parte das histórias jornalísticas, pois trazem o lado humano dos acontecimentos! As pessoas podem ocupar diferentes lugares em uma história, seja como fonte (fornecendo informações), seja como foco do que está sendo contado. Incentivar os estudantes a observarem de forma mais atenta os diferentes personagens que os cercam e que estão presentes nos textos informativos consumidos por eles é uma importante estratégia para interpretar diferentes acontecimentos de modo mais contextualizado e humano.

 

Convide os estudantes a pensarem em pessoas que são importantes para eles, que eles admiram. Podem ser pessoas próximas ou não. Você pode propor perguntas, como:

Que pessoas vocês admiram?

Por que elas são especiais para você?

Como você compartilharia a história dessa pessoa para alguém

Peça para que os estudantes escolham uma dessas pessoas em que eles pensaram e encontrem um meio de registrar a história dela para poder compartilhá-la com alguém. Eles podem pensar, por exemplo, em criar uma série jornalística temática contemplando diversas pessoas de uma área da vida deles, como “professores incríveis”, “pessoas que me fazem sorrir”, “os atletas que mais admiro” ou  “os cientistas mais legais de todos os tempos”.

 

Oriente os estudantes para fazerem uma pequena pesquisa, se possível, sobre o personagem escolhido. Se for alguém próximo, podem elaborar algumas perguntas para entrevistar essa pessoa. Depois de escolherem seu personagem e realizarem algumas anotações quanto à pesquisa ou entrevista, convide os estudantes a escolherem um formato que se sintam mais à vontade para contar essa história. Dê alguns exemplos, como: reportagem em uma revista, história em quadrinhos, criação de uma chamada na primeira página de um jornal, criação de podcast, simulação de um programa de rádio entrevistando a pessoa, criação de um perfil entre outros.

Se os estudantes não souberem por onde começar, você pode mostrar algumas imagens que ajudem a inspirá-los a criarem seus projetos! Quer que o projeto dos seus estudantes entre nessa galeria? Incentive-os a compartilharem suas criações neste link!

CRIE!

Hora dos estudantes criarem seus projetos. Eles não precisam finalizá-lo durante a sua aula, podem dar continuidade em outros momentos. Incentive os estudantes a convidarem outras pessoas (colegas, familiares) a participarem desse momento, a compartilharem desse momento de criação, mesmo que virtualmente.

COMPARTILHE E REFLITA!

 

Depois de criarem seus projetos, convide os estudantes a refletirem sobre o processo. Algumas perguntas para esse momento:

  • Que personagem você escolheu para criar o seu projeto e por quê?

  • E quanto ao formato, qual foi escolhido e por quê?

  • Como foi o processo de criação?

  • O que foi fácil?

  • E divertido?

  • O que foi difícil?

  • O que faria diferente se tivesse mais tempo?

O jornalismo diz respeito também a compartilhar as histórias criadas com um público real. Convide os estudantes a compartilharem seus projetos com você, com as pessoas com quem ele mora e também com seus colegas. Se quiser, pode indicar esta página que criamos especialmente para isso!

INDO ALÉM!

 

Vamos refletir sobre os personagens presentes em diferentes histórias? Este é o momento de convidar os estudantes a aprofundarem a compreensão a respeito do tema da aula, para posteriormente poderem fazer pontes com o que estão aprendendo em outras áreas e também aprimorarem o projeto desenvolvido nesta aula.

Incentive-os a repararem melhor nas histórias jornalísticas que consomem. Questione: Onde está o lado humano delas? Quem são as pessoas envolvidas na história ou afetadas por ela? Existem pessoas que tiveram o papel de fonte para a escrita dessa história, fornecendo informações ao jornalista? Você já parou para pensar nos diferentes personagens que fazem parte da sua vida?

 

Os materiais a seguir podem inspirar novas discussões, debates ou projetos:

 

  • Projeto Invisíveis (artigo sobre e vídeo), coordenado pelo professor Márcio Motta, de Praia Grande, São Paulo. Algumas perguntas para reflexão com base no projeto: existem pessoas a sua volta que não são ouvidas, que dificilmente encontram espaço para se expressar? Que histórias elas teriam para contar? Onde mais encontramos essas pessoas? Como dar voz e visibilidade para elas?

  • ArtigoO lugar do personagem na escrita jornalística”, do Observatório da Imprensa.

  • Como contar histórias de gente, palestra com o jornalista Zeca Fernandes.

PONTES COM O CURRÍCULO​

Convide os estudantes, após a reflexão mais aprofundada sobre sobre os diferentes personagens que nos cercam e fazem parte da nossa história (seja como indivíduos, seja como sociedade), a usarem o que aprenderam para aprimorar o projeto que começaram nesta aula e também nos outros componentes curriculares e conteúdos que estão estudando.

  • E se, além de pequenos projetos dentro das áreas do conhecimento, sua escola criasse um grande projeto envolvendo o jornalismo?  Um exemplo que vale a pena conhecer é o Imprensa Jovem, um projeto de educomunicação que está presente em cerca de 400 escolas municipais de São Paulo.

  • E se os estudantes contassem as histórias de pessoas reais abordadas nos conteúdos que estão aprendendo? Ou afetadas pelos acontecimentos estudados?

  • Como encontrar o lado humano dos diferentes assuntos que estudam diariamente?

  • Convide os estudantes a explorarem o portal aprendizagemcriativamecasa.org para criarem outros diferentes projetos ao longo da semana.

info@aprendizagemcriativa.org

© 2020 por Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, Grupo Lifelong Kindergarten e MIT Media Lab

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube